back to top

ARTISTA: SIGMA
MÚSICA: BABILÓNIA

REFRÃO
Não me leves a mal..
Mais nem é por mal
Descobri afinal
Que este mundo está a ficar crazy
O mundo está crazy
Este mundo está crazy

1 -VERSO
Desde que fostes isso virou a casa da mãe Joana
Judas procurou e nós é que coçamos a sarna
Mundo em chamas,
Em dramas, lágrimas  quando os culpados disso batem palmas
Nem toda religião provem de Deus
Assim diz 7:15 Mateus
Padres magnatas , pastores psicopatas
Lucífer   mudou o nome agora chama-se  papa
Mataram espíritos com conflitos
Dizimaram críticos
Protestantes foram perseguidos
Pai eis aqui a nova babilónia
Aonde somos colonizados porque o dinheiro faz colónia

2- VERSO
Ataques terroristas, armas químicas, teórias  cínicas
Crenças mitícas,
Cegos com pontos de vistas..
Ignorância humana me espanta
Revolução Magrebe, guerra santa!
Escutas telefónicas,
Teórias crónicas…
É a era das tecnológias de informação
Que matam a criação  dando vagas a evolução
Dinheiro fala várias línguas…
Por isso ninguém se entende
Mentiras atitudes iníquas …
Fazem grandes presidentes..

3º VERSO
Relevamos  tanto a cor da pele
Razão pela qual esquecemo-nos do nosso papel.
Segregação , exclusão,
O ódio que alimenta nação a nação .
Hutus , tutsi´
Com ideias  mais  arcaicas  que a existência de Lucy
Esses homens  não sabem o que querem
Então manda  logo o armagedon
Para eles arderem..
A besta esta por cima de colinas
Anda, e ruge na terra como uma felina
De púrpura e escarlete
Antes camuflava , mais agora já exibe ás sete(cabeças)
Que se cumpram ás  profécias
Já era sem tempo de mandares o Messias
Porque entre África,  Europa, Ásia e América
Só há uma diferença entre eles …
“Que é”  A consciência.
REFRÃO
Não me leves a mal..                                           Mais nem é por mal                                             Descobri afinal
Que este mundo está a ficar  crazy
O mundo está crazy

EXPLICAÇÃO:

Com um refrão simples e contagiante o Sigma apresentou-nos esta proposta musical, onde faz uma análise das várias atrocidades que têm acontecido no mundo, chegando a compara-lá a antiga babilónia retratada na Bíblia. Nota-se na música uma evidente apologia para que as pessoas reflitam em torno de cada situação, desde as guerras mais antigas até ao continuo caos gerado por preconceitos de ordem racial e xenófobose.  Diante deste triste cenários social, entre as várias soluções apontadas por Sigma para a resolução deste descalabro social, destaca-se o dia do juízo final /Armagedon.

ENQUADRAMENTO (HIP HOP LITERACY)

Quanto a forma de escrita, esta lyrica enquadra.se ao método conceptual / Conceptual Mode reapresentando um relato nu da realidade Global.

O tópico da composição por si só ja indica que se trata de Concious Content (Babilónia) pois acaba sendo uma chamada a reflexão em torno da realidade social;

No que se refere as ferramentas usadas para a composição, podemos identificar claramente a combinação entre imageries, smilies e analogies, … Não é predominante no texto o uso de jogo de palavras (trocadilhos e duplo sentidos) nem tão pouco o recurso a um vocabulário rico.

Ex:

Analogies
..A besta esta por cima de colinas
Anda, e ruge na terra como uma felina
De púrpura e escarlete
Antes camuflava , mais agora já exibe ás sete(cabeças)…

PROVÉRBIO AFRICANO

Ainda não foi associado.

leave a comment